x
x
x
imprimir Imprimir enviar por email Enviar por E-mail Compartilhe: facebook mais

Serviços: Contribuições antigas podem ser consultadas on-line


Data: 15/07/2004
15/07/2004 - Serviços: Contribuições antigas podem ser consultadas on-line (MPAS)

Dataprev facilita acesso a informações de contribuições de 1981 a 1984

Do Rio de Janeiro (RJ) - A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) disponibilizou para as 1.095 Agências da Previdência Social (APS) espalhadas pelo País a consulta às informações sobre contribuições ao INSS feitas por 19,9 milhões de trabalhadores entre os anos de 1981 a 1984.

Estes dados estavam arquivados em 4.709 microfichas guardadas no Centro de Tratamento da Informação da Dataprev (CTRJ) no bairro do Cosme Velho, no Rio, e a consulta só era possível manualmente.

Com a digitalização e a indexação destas microfichas é possível consultar on-line as informações dos pagamentos feitos ao INSS por 19,9 milhões de contribuintes. Essa consulta poderá ser feita diretamente pelo servidor do INSS que estiver atendendo o contribuinte, em qualquer ponto do País.

Estas informações são essenciais aos servidores do INSS para fazer os cálculos das contribuições feitas pelo trabalhador no momento de requerer um benefício. O serviço on-line foi disponibilizado no último dia 29 de junho. Somente nos primeiros 15 dias de julho foram registradas 27.136 consultas.

Com este serviço, haverá uma grande economia de tempo para quem procura o INSS. Antes da digitalização, para conhecer os dados das microfichas era preciso de 30 a 60 dias para que a consulta fosse realizada.

O sistema anterior obrigava as agências a solicitarem as informações ao INSS em Brasília ou ao CTRJ da Dataprev, que levantavam os pagamentos daquele contribuinte em buscas manuais às microfichas. O resumo das contribuições era, então, impresso e devolvido às agências. Tudo isto demandava de 30 a 60 dias.

O CTRJ ainda guarda outras 13.615 microfichas que, junto com as informações das outras já disponibilizadas, completarão um total de informações de 24,6 milhões de contribuintes individuais do período de 1973 e 1984. Estas outras microfichas já foram digitalizadas e estão sendo indexadas para serem disponibilizadas.

Este trabalho de indexação vem sendo feito pela Dataprev e por meia centena de portadores de deficiência auditiva, que participam nas tarefas de verificação e correção das informações digitalizadas. A expectativa é de que até o final deste ano seja possível a consulta on-line a todas as informações. (MA/GL/TBS)


Leia também:
Anterior:16/07/2004 - STF suspende liminar que impedia cobrança de contribuição previdenciária de servidores mineiros (Notícias STF)
Próximas: 16/07/2004 - Benefícios: Mãe adotiva pode requerer o salário-maternidade (MPAS)
16/07/2004 - Aumentos espontâneos podem ser descontados em dissídio coletivo (Notícias TST)
16/07/2004 - CND: Certidão para baixa de empresa é emitida pela Web (MPAS)