x
x
x
Port. SET - RN 85/19 - Port. - Portaria SECRETÁRIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO - SET - RN nº 85 de 01.07.2019

DOE-RN: 02.07.2019

Regula e esclarece os procedimentos que devem ser adotados na concessão de isenção de ICMS nas operações que destinem armas de fogo para Policial Militar, Policial Civil, Agente Penitenciário e Guarda Municipal, previstas no Decreto nº 28.896, de 31 de maio de 2019.


O SECRETÁRIO DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme dispõe o art. 4º do Decreto Estadual nº 28.896, de 31 de maio de 2019,

Considerando a necessidade de regular os procedimentos relativos às concessões de isenção de ICMS nas operações que destinem armas de fogo para Policial Militar, Policial Civil, Agente Penitenciário e Guarda Municipal, previstas no Decreto nº 28.896, de 31 de maio de 2019;

Considerando o interesse desta Secretaria de Estado em esclarecer e facilitar o entendimento das disposições do Decreto nº 28.896, de 2019 pelos contribuintes beneficiados pela isenção prevista naquele diploma legal,

RESOLVE:

Art. 1º Disciplinar os procedimentos a serem adotados na concessão de isenção do ICMS nas operações com armas de fogo, quando destinadas a Policial Militar, Policial Civil, Agente Penitenciário e Guarda Municipal que estejam legalmente autorizados a possuí-las e portá-las.

Parágrafo único. A isenção prevista no caput será concedida apenas aos profissionais que usam a arma de fogo como instrumento de trabalho, no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte, limitada a uma arma por beneficiário.

Art. 2º A aquisição de arma de fogo com a isenção de ICMS prevista nesta Portaria fica condicionada à prévia autorização para aquisição de arma emitida pelo órgão ao qual é vinculado o interessado e ao preenchimento da Declaração para Aquisição de Arma de Fogo com Isenção do ICMS, contida no Anexo Único desta Portaria.

Parágrafo único. A Declaração referida no caput ficará disponível para download no portal eletrônico da Secretaria de Estado da Tributação na internet e deverá ser enviada, ao fornecedor da arma, juntamente com a autorização para aquisição prevista no caput.

Art. 3º As tratativas da compra e o envio da autorização para aquisição de arma e da Declaração para Aquisição de Arma de Fogo com Isenção do ICMS, previstas no art. 2º, serão realizados diretamente entre o adquirente e o fornecedor da arma, o qual deverá emitir a nota fiscal fazendo constar a informação alusiva à esta Portaria.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?