x
x
x
Dec. Est. AC 2.295/15 - Dec. - Decreto do Estado do Acre nº 2.295 de 23.04.2015

DOE-AC: 24.04.2015

Obs.: Rep. DOE de 27.04.2015

Dispensa o pagamento do ICMS antecipação tributária para contribuintes localizados nas áreas do município de Brasiléia afetadas pelas enchentes de 2015.


O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que lhe confere o art. 78, inciso VI da Constituição Estadual,

Considerando a necessidade de se estabelecer tratamento diferenciado aos contribuintes do município de Brasiléia que sofreram prejuízos em decorrência das enchentes do Rio Acre no ano de 2015;

Considerando que a interrupção das atividades dos contribuintes ocasionada pela inundação acarreta dificuldades para o cumprimento de obrigações tributárias relacionadas ao ICMS; e

Considerando o Decreto nº 07, de 24 de fevereiro de 2015, expedido pelo município de Brasiléia, e o Decreto Estadual nº 1.430, de 2 de março de 2015;

Decreta:

Art. 1º Fica a Secretaria de Estado da Fazenda autorizada a dispensar o pagamento do ICMS lançado por antecipação tributária, referente às notificações fiscais originariamente emitidas com data de vencimento em fevereiro e março de 2015, em relação aos contribuintes localizados nas áreas do município de Brasiléia afetadas pelas enchentes no referido período.

Parágrafo único. O disposto neste artigo não se aplica:

I - A operações com:

a) Mercadorias sujeitas ao regime de substituição tributária;

b) Combustíveis e lubrificantes derivados ou não de petróleo;

c) Veículos novos;

d) Energia elétrica;

II - A operações e prestações cujos documentos fiscais não foram apresentados em época própria nas Agências Fazendárias ou nos Postos Fiscais quando da entrada da mercadoria no estado; ou

III - A estabelecimentos que efetuaram transferência de mercadorias para outro estabelecimento do mesmo titular, localizado fora da Área de Livre Comércio (ALC), em montante igual ou superior a 10% (dez por cento) das compras mensais nos doze meses anteriores a publicação deste decreto.

Art. 2º Não será concedida restituição ou ressarcimento em qualquer hipótese.

Art. 3º Para requer a dispensa do pagamento, o contribuinte deverá apresentar:

I - Requerimento endereçado à Diretoria de Administração Tributária da Secretaria de Estado da Fazenda em qualquer Agência da Secretaria de Estado da Fazenda - SEFAZ; e

II - Certidão ou documento expedido pelo Corpo de Bombeiros, pela Defesa Civil ou pela Polícia Técnica, que comprove que o estabelecimento foi efetivamente atingido pela alagação.

Art. 4º A Secretaria de Estado da Fazenda fica autorizada a estabelecer outras normas necessárias à fiel execução dos atos de que trata este Decreto.

Art. 5º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos a contar de 24 de abril de ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?