x
x
x
Port. SMRRF/Palhoça-SC 2/13 - Port. - Portaria Secretaria Municipal de Receita e Regularização Fundiária de Palhoça/SC nº 2 de 11.09.2013

DOM-Palhoça: 13.09.2013

Simplifica o acesso para emissão da NFS-e, instituída pela Lei Complementar nº 110/2011, através do Processo de Solicitação do Alvará de Funcionamento.


O Secretário Municipal de Receita e Regularização Fundiária, no uso de suas atribuições, que lhes são conferidas pelo o inciso VIII, do artigo 30, da Lei Complementar nº 102/2011,

RESOLVE :

Art. 1º O acesso pelo contribuinte, prestadores de serviços de qualquer natureza ao sistema da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e, conforme Seção I, do Capítulo II, da Lei Complementar nº 110/2011, poderá ser requerido através dos seguintes procedimentos:

§ 1º. Quando não possuir Cadastro Mobiliário, conforme artigo 222, da Lei Complementar nº 18/2002, sujeitos a incidência do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza, previsto no Anexo I, do artigo 1º, da Lei Complementar nº 24/2004, para obter o acesso ao sistema por meio da emissão da NFS-e, deverá ser observado o seguinte:

I - o contribuinte deverá efetuar o cadastramento e a solicitação de acesso, conforme artigo 4º, da Lei Complementar nº 110/2011;

II - atendendo o disposto no inciso I, deverá a Secretaria de Receita e Regularização Fundiária, informar via correio eletrônico (e-mail), o resultado da solicitação do contribuinte;

III - na hipótese do atendimento do inciso II, deverá ser anexado o relatório de Solicitação do Acesso juntamente com o(s) documento(s) de constituição, CNPJ e demais necessário(s), a liberação da NFS-e, para integrarem ao processo que requerer o Alvará de Funcionamento.

§ 2º. A liberação da NFS-e, nos termos previsto no parágrafo anterior, fica condicionado a liberação do Alvará de Funcionamento Definitivo e o pagamento das Taxa(s) estabelecido nos artigos 84, 95, 106, 117, da Lei Complementar nº 18, de 30/12/2002, através de parecer.

Art. 2º Quando o contribuinte estiver cadastrado neste Município, conforme artigo 222, da Lei Complementar nº 18/2002, vim requerer o acesso ao sistema da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e, conforme Seção I, do Capítulo II, da Lei Complementar nº 110/2011, deverá ser formalizado através de processo administrativo, conforme a Legislação pertinente.

Art. 3º Fica atribuída à responsabilidade ao agente público no que couber a Legislação, quanto o agente público, deixar de observar a Legislação Tributária Municipal, na liberação da NFS-e, conforme disposto no § 2º, do artigo 1º e o artigo 2º, desta portaria.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?