x
x
x
Port. Sec. Faz. - PE 180/12 - Port. - Portaria SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA - PE nº 180 de 27.09.2012

DOE-PE: 28.09.2012

(Dispõe sobre a hipótese de estorno de débito de ICMS relativo ao fornecimento de energia elétrica.)


Considerando o disposto no Convênio ICMS 30/2004, publicado no Diário Oficial da União de 24.6.2004, e a necessidade de uniformizar procedimentos relativos a estorno de débitos do ICMS incidente nas operações realizadas por empresas fornecedoras de energia elétrica,

RESOLVE:

Art. 1º Na hipótese de estorno de débito de ICMS relativo ao fornecimento de energia elétrica, a empresa fornecedora deve proceder de acordo com o previsto nesta portaria.

Art. 2º A regularização de Nota Fiscal/Conta de Energia Elétrica - NFCEE emitida com erro deve observar o seguinte procedimento:

I - quando da correção da NFCEE, realizar lançamento no Livro Registro de Apuração do ICMS - RAICMS, no quadro "Detalhamento - Estorno de Débito", do valor totalizado por período fiscal, conforme relatório previsto no art. 3º; e

II - emitir nova NFCEE para o consumidor com o valor correto.

Art. 3º Na hipótese prevista no art. 1º, deve ser elaborado relatório interno, por período de apuração e de forma consolidada, contendo, no mínimo, as seguintes informações:

I - o número, a série e a data de emissão da Nota Fiscal/Conta de Energia Elétrica - NFCEE, objeto de estorno de débito;

II - a data de vencimento da conta de energia elétrica;

III - o CNPJ ou o CPF, a inscrição estadual e a razão social ou o nome do destinatário;

IV - o código de identificação da unidade consumidora;

V - o valor total, a base de cálculo e o valor do ICMS da NFCEE objeto de estorno de débito;

VI - o valor do ICMS correspondente ao estorno;

VII - o número da NFCEE emitida em substituição àquela objeto de estorno de débito; e

VIII - o motivo determinante do estorno.

§ 1º O relatório de que trata este artigo:

I - deve ser armazenado em arquivo eletrônico no formato texto (txt) para entrega à SEFAZ, quando solicitado, no prazo de 10 (dez) dias contados da respectiva solicitação; e

II - pode, a critério da fiscalização, ser exigido em papel.

§ 2º O contribuinte deve manter, pelo prazo decadencial, os elementos comprobatórios do estorno de débito realizado e o relatório de que trata este artigo.

Art. 4º Ficam convalidados os procedimentos adotados no período de 26.4.2004 até a data da publicação desta portaria, em conformidade com aqueles previstos no ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?