x
x
x
Dec. Mun. Itu/SP 1.439/11 - Dec. - Decreto do Município de Itu/SP nº 1.439 de 13.10.2011

DOM-Itu: 13.10.2011

(Regulamenta o artigo 232 da Lei Complementar nº 710, de 20 de dezembro de 2005, que instituiu o Código Tributário do Município com a nova redação dada pela Lei Complementar nº 1.015, de 27 de novembro de 2008, e dá outras providências.)


HERCULANO CASTILHO PASSOS JÚNIOR, Prefeito da Estância Turística de Itu, Estado de São Paulo, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei; e

CONSIDERANDO que o Artigo 232 da Lei Complementar nº 710, de 20 de dezembro de 2005, estabelece que o pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana - IPTU, poderá ser efetuado em até 12 (doze) parcelas;

CONSIDERANDO que, neste exercício, a Municipalidade, por medida de programação financeira pretende diluir o valor total do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana - IPTU, para pagamento em 11 (onze) parcelas;

CONSIDERANDO que o valor do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana - IPTU, de alguns carnês, se diluído em 11 (onze) parcelas, o custo de confecção e despesas bancárias superam o valor do imposto lançado;

CONSIDERANDO que a Municipalidade poderá evitar esse descompasso financeiro desde que o valor mínimo de cada parcela seja limitado em R$ 45,00 (quarenta e cinco reais), e por via de conseqüência, esse custo benefício importará na economia de mais de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), durante o exercício de 2012; portanto,

DECRETA :

Art. 1º O pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana - IPTU, correspondente ao exercício de 2012, poderá ser efetuado pela seguinte forma e opções:

I - à vista com 10% (dez por cento) de desconto se o pagamento ocorrer até a data fixada na parcela;

II - à vista com 5% (cinco por cento) de desconto se o pagamento ocorrer até a data fixada na parcela;

III - à vista com 3% (três por cento) de desconto se o para pagamento ocorrer até a data fixada na parcela;

IV - em 11 (onze) parcelas mensais e consecutivas, vencendo a primeira prestação na data fixada na parcela ou prazo de 15 (quinze) dias, contados a partir da data de entrega do carnê de lançamento, e as subseqüentes 30 (trinta) dias, após o vencimento da parcela anterior.

Art. 2º Para efeito de cálculo e lançamento dos tributos municipais, correspondentes ao exercício de 2012, os valores das parcelas não poderão ser inferiores a R$ 45,00 (quarenta e cinco reais).

Art. 3º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, devendo surtir seus efeitos fiscais a partir do dia 1º de janeiro de 2012 ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?