x
x
x
Dec. Est. AC 1.213/11 - Dec. - Decreto do Estado do Acre nº 1.213 de 04.03.2011

DOE-AC: 10.03.2011

Dispõe sobre a concessão de crédito presumido nas operações com querosene de aviação (QAV) nas condições que especifica.


O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que lhe confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual,

DECRETA:

Art. 1º Fica a Secretaria de Estado da Fazenda autorizada a conceder crédito presumido nas saídas de querosene de aviação (QAV) para abastecimento de aeronaves de até 110 (cento e dez) assentos, equivalente a 72% (setenta e dois por cento) do valor do imposto devido na operação própria, de forma que a carga tributária seja equivalente a 7% (sete por cento) do valor das operações.

 
A redação do caput deste artigo foi dada pelo artigo 1º do Decreto nº 3.301 de 02.02.2012.

Redação Anterior: "Art. 1º Fica a Secretaria de Estado da Fazenda autorizada a conceder crédito presumido nas saídas de querosene de aviação (QAV) para abastecimento de aeronaves de até 100 (cem) assentos, equivalente a 72% (setenta e dois por cento por cento) do valor do imposto devido na operação própria, de forma que a carga tributária seja equivalente a 7% (sete por cento) do valor das operações."

§ 1º O disposto no caput aplica-se às saídas de QAV com destino a empresa aérea detentora de Regime Especial concedido pela Secretaria de Estado da Fazenda.

§ 2º O Regime Especial previsto no § 1º somente será concedido à empresa aérea que:

I - opere vôos cujas rotas tenham início, término ou escala em aeroportos do Estado do Acre;

II - preste serviço regular de transporte aéreo de passageiros para, no mínimo, 2 municípios acreanos.

§ 3º O pedido de concessão do regime será formalizado à Diretoria de Administração Tributária, instruído com plano de negócios que contenha cronograma de investimentos, implantação e discriminação das rotas que pretende operar.

§ 4º O regime especial terá vigência de dois anos, podendo ser renovado a critério da Secretaria de Estado da Fazenda, inclusive com alterações.

Art. 2º A Secretaria de Estado da Fazenda poderá estabelecer normas complementares, inclusive definindo critérios, condições, limites e obrigações acessórias aos contribuintes para concessão do regime especial.

Parágrafo único. O regime especial poderá revogado a qualquer tempo e exigido do contribuinte o recolhimento do imposto cabível na forma normal de tributação, relativamente ao período de sua vigência, em caso de descumprimento de regras nele previstas ou de redução injustificada nos recolhimentos do imposto.

Art. 3º Fica revogado o Decreto nº 5.415, de 29 de julho de 2010.

Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data da sua ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?