x
x
x
Dec. 4.995/04 - Dec. - Decreto nº 4.995 de 19.02.2004

D.O.U.: 20.02.2004

Dispõe sobre a execução no Território Nacional da Resolução nº 1.521, de 22 de dezembro de 2003, do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que altera o regime de sanções à Libéria.


 
Este Decreto foi revogado pelo artigo 2º do Decreto nº 8.822 de 27.07.2016.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso IV, da Constituição, de acordo com o artigo 25 da Carta das Nações Unidas, promulgada pelo Decreto nº 19.841, de 22 de outubro de 1945, e

Considerando o disposto no Decreto nº 4.299, de 11 de julho de 2002, e no Decreto nº 4.742, de 13 de junho de 2003;

Considerando a adoção, em 22 de dezembro de 2003, da Resolução nº 1.521 do Conselho de Segurança das Nações Unidas;

DECRETA:

Art. 1º Ficam as autoridades brasileiras obrigadas, no âmbito de suas respectivas atribuições, ao cumprimento do disposto na Resolução nº 1.521 (2003), adotada pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, em 22 de dezembro de 2003, anexa a este Decreto.

Art. 2º Ficam sem efeito as proibições impostas pelos parágrafos 17 e 28 da Resolução no 1.478 (2003), incorporada pelo Decreto nº 4.742, de 13 de junho de 2003.

Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 19 de fevereiro de 2004; 183º da Independência e 116º da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

Celso Luiz Nunes Amorim

ANEXO

Conselho de Segurança,

Recordando suas resoluções e as declarações anteriores de seu Presidente sobre a situação na Libéria e na África Ocidental,

Tomando nota dos relatórios do Painel de Especialistas das Nações Unidas sobre a Libéria datados de 7 de agosto de 2003 (S/2003/779) e de 28 de outubro de 2003 (S/2003/937 e S/2003/937/Add.1) apresentados em cumprimento à resolução 1478 (2003),

Expressando profunda preocupação com as ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?