x
x
x
Dec. Mun. Santa Rita do Sapucaí/MG 6.300/08 - Dec. - Decreto do Município de Santa Rita do Sapucaí/MG nº 6.300 de 28.10.2008

DOM-Santa Rita do Sapucaí: 28.10.2008

Regulamenta a obrigatoriedade de emissão da Nota Fiscal Eletrônica e a responsabilidade tributária pela retenção do ISSQN e dá outras providências.


O Prefeito Municipal de Santa Rita do Sapucaí, no uso de suas atribuições legais,

CONSIDERANDO a obrigatoriedade dos prestadores de serviços emitirem nota fiscal de serviços, cabendo à administração pública envidar meios de desburocratizar a atividade econômica dos contribuintes e de reduzir custos operacionais com a aplicação dos recursos tecnológicos, visando sempre promover a Justiça Fiscal com responsabilidade;

CONSIDERANDO, que a Secretaria Municipal de Fazenda vem disponibilizando e ministrando treinamento para todos os escritórios de contabilidade, substitutos tributários e contribuintes;

CONSIDERANDO, que todos os substitutos tributários nomeados possuem uma estrutura mínima de informática que podem auxiliar os prestadores de serviços, quando necessário, ao preenchimento da Nota Fiscal Eletrônica Inteligente - NFeI diretamente da página eletrônica do Município na Internet;

CONSIDERANDO, que todos os contribuintes prestadores de serviços com receita bruta anual igual ou superior a R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais) possuem estrutura mínima de informática possibilitando os a utilizar a internet para emissão da Nota Fiscal Eletrônica Inteligente - NFel diretamente da página eletrônica do Município na Internet;

CONSIDERANDO, que todos os contribuintes prestadores de serviços localizados no Município de Santa Rita do Sapucaí, que realizaram o cadastramento em atendimento ao Decreto nº 5.803/2007, possuem login e senha de acesso para a emissão da Nota Fiscal eletrônica Inteligente - NFel;

CONSIDERANDO, que o sistema de informática do Município, através da emissão da Nota Fiscal Eletrônica Inteligente - NFeI registra em seu banco de dados, individualmente as retenções do ISSQN e outros dados, não sendo necessariamente emitir uma guia para cada operação;

CONSIDERANDO, que o Município disponibilizou um sistema denominado Declaração Eletrônica de Serviços - DeS a ser instalado no computador de cada contribuinte prestador de serviços a fim de registrar todos os dados das notas fiscais de serviços tomados de prestadores de serviços de outro Município;

CONSIDERANDO, que o sistema de informatização eletrônica terá o controle dos dados referentes as Notas Fiscais Eletrônicas Inteligentes - NFeI emitidas e de todos os dados referentes às informações enviadas para o Município através da Declaração Eletrônica de Serviços - DeS, sendo que, com estes dados será gerado o Livro Fiscal eletrônico;

CONSIDERANDO, que a não retenção do imposto no ato do pagamento dos serviços, torna o tomador do serviço co-responsável pelo seu recolhimento;

DECRETA ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?