x
x
x
IN RFB 858/08 - IN - Instrução Normativa RECEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº 858 de 15.07.2008

D.O.U.: 16.07.2008

Dispõe sobre a aplicação do regime aduaneiro de admissão temporária a material de emprego militar destinado a eventos ou operações militares.


 
Esta Instrução Normativa foi revogada pelo artigo 110 da Instrução Normativa nº 1.361 de 21.05.2013.

O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL, no uso da atribuição que lhe confere o inciso III do Regimento Interno da Secretaria da Receita Federal do Brasil, aprovado pela Portaria MF nº 95, de 30 de abril de 2007, e tendo em vista o disposto no art. 323 do Decreto nº 4.543, de 26 de dezembro de 2002, resolve:

Art. 1º Ao material de emprego militar de procedência estrangeira, importado sem cobertura cambial, destinado a eventos ou operações militares no País, será aplicado o regime aduaneiro especial de admissão temporária, de acordo com os procedimentos estabelecidos nesta Instrução Normativa.

§ 1º Os procedimentos estabelecidos nesta Instrução Normativa serão autorizados, em cada caso, por meio de Ato Declaratório Executivo (ADE) expedido pela Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil (SRRF) com jurisdição sobre o local onde se realizarão os eventos ou operações militares.

§ 2º Na hipótese de o evento ou operação se realizar em locais jurisdicionados por mais de uma Região Fiscal, os procedimentos estabelecidos nesta Instrução Normativa serão autorizados mediante ADE expedido pela Coordenação-Geral de Administração Aduaneira (Coana).

§ 3º Na hipótese de os bens entrarem no País por meio de unidade da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) não situada na Região Fiscal de realização do evento, poderá ser aplicado, a critério do interessado, o regime aduaneiro especial de trânsito aduaneiro com destino à unidade da RFB de jurisdição sobre o local de realização do evento ou operação.

§ 4º O Ministério da Defesa poderá ser representado por seus comandos militares.

Art. 2º A autorização prévia referida nos §§ 1º e 2º do artigo art. 1º será outorgada com base em solicitação formulada pelo Ministério da Defesa.

Parágrafo único. A autorização poderá abranger bens integrantes de bagagem de participantes do evento ou operação, desde que o Ministério da Defesa o solicite e apresente a relação desses participantes e dos respectivos bens.

Art. 3º O despacho aduaneiro para admissão no regime será processado com base em Declaração Simplificada de Importação (DSI), mediante a utilização dos formulários de que trata o ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?