x
x
x
Lei Gov. TO 1.590/05 - Lei GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS nº 1.590 de 04.07.2005

DOE-TO: 04.07.2005

Dispõe sobre incentivos para a quitação de créditos tributários, oriundos do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores - IPVA, e adota outras providências.


O GOVERNADOR DO ESTADO DO TOCANTINS

Faço saber que a ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO TOCANTINS decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Os créditos tributários originários do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores - IPVA, cujo fato gerador tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2004, podem ser pagos, integralmente, até 30 de dezembro de 2005, com redução de 100% do valor de juros e multas, obedecidas as disposições desta Lei.

Parágrafo único. O valor do crédito tributário referido neste artigo, apurado na data do pagamento à vista ou da primeira parcela, é igual ao somatório dos valores:

I - do tributo devido;

II - da atualização monetária.

Art. 2º O benefício previsto nesta Lei:

I - alcança o crédito tributário:

a) lançado de ofício;

b) confessado espontaneamente;

II - tem aplicação cumulativa com as normas de concessão do parcelamento;

III - pressupõe:

a) confissão irretratável da dívida por parte do sujeito passivo;

b) desistência dos atos de defesa ou de recurso;

IV - estende-se ao pagamento ou parcelamento da parte não litigiosa do crédito tributário;

V - condiciona-se ao pagamento:

a) à vista;

b) ou parcelado.

Art. 3º O crédito tributário somente é liquidado mediante pagamento em moeda nacional corrente.

Art. 4º É facultado o parcelamento do crédito tributário em prestações mensais, iguais e sucessivas, vincendas no dia 20 de cada mês, a exceção da primeira que pode ter valor diferenciado e deve ser satisfeita na data da efetivação do parcelamento.

§ 1º O parcelamento previsto neste artigo não pode conter parcelas cujo vencimento ultrapasse o dia 20 de dezembro de 2005.

§ 2º A opção pelo pagamento parcelado é feita mediante celebração de Termo de Acordo de Parcelamento, e é instruído com:

I - demonstrativo dos débitos fiscais;

II - comprovante de pagamento da primeira parcela.

§ 3º O valor de cada parcela não pode ser inferior a R$ 50,00.

Art. 5º No caso de crédito em execução fiscal, garantido o juízo nos termos do ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?