x
x
x
Circ. SUSEP 250/04 - Circ. - Circular SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP nº 250 de 15.04.2004

D.O.U.: 16.04.2004

Dispõe sobre a definição das pendências, na forma do art. 65 da Resolução CNSP nº 60, de 3 de setembro de 2001.


 
Esta Circular foi revogada pelo artigo 3º da Circular nº 325 de 23.05.2006.

O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP, na forma do art. 36, alíneas "b" e "h", do Decreto-Lei nº 73, de 21 de novembro de 1966, e Resolução CNSP nº 60, de 3 de setembro de 2001, e tendo em vista o que consta do Processo SUSEP nº 15414.000641/2004-10; resolve:

Art. 1º Definir como pendência, nos termos do art. 65 da Resolução CNSP nº 60, de 3 setembro de 2001, as seguintes ocorrências verificadas, pela SUSEP, no exercício de suas atividades de fiscalização, em face das sociedades seguradoras, das sociedades de capitalização e das entidades abertas de previdência complementar, sem prejuízo da aplicação das penalidades cabíveis:

I - não apresentação do Formulário de Informações Periódicas - FIP;

II - não encaminhamento da documentação referente a assembléias gerais e nomeações de administradores;

III - constituição incorreta das provisões técnicas, dos fundos especiais garantidores das operações e de outras provisões exigidas;

IV - insuficiência dos ativos garantidores das provisões técnicas, dos fundos especiais das operações e de outras provisões exigidas;

V - não possuir o capital mínimo, a margem de solvência ou índice legal exigidos;

VI - não pagamento da taxa de fiscalização;

VII - não recolhimento de multa, após o trânsito em julgado da decisão administrativa;

VIII - não atendimento às solicitações formuladas pela SUSEP, no prazo de 15 (quinze) dias, a contar da data de recebimento da carta;

IX - decretação de qualquer regime especial, com exceção da direção fiscal;

X - permanecer com níveis de reclamação acima daqueles fixados pela SUSEP, por prazo superior a 60 (sessenta) dias, após a devida notificação;

Parágrafo único. Na hipótese da ocorrência prevista no inciso XI, a pendência será levantada assim que a sociedade atingir níveis de reclamação situados dentro dos padrões estabelecidos pela SUSEP.

Art. 2º Verificada a existência objetiva de uma pendência, o deferimento de qualquer pleito somente poderá ser autorizado pelo Conselho Diretor da SUSEP, em caráter excepcional e mediante fundamentada solicitação da parte interessada.

Art. 3º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação, ficando revogada a Circular SUSEP nº 170, de 12 de novembro de ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?