x
x
x
Par. AGU GQ-43/94 - Par. - Parecer ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO - AGUGQ-43 de 30.11.1994

D.O.U.: 09.12.1994

ASSUNTO: Provimento de Cargo de Ministro Classista - Limite Etário.


PARECER Nº GQ - 43, de 30 de novembro de 1994. "De acordo, face as informações. Em 7/12/94". (Processo nº 08000.009175/94-11 encaminhado Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil).

REFERÊNCIA: Processo nº 08000.009175/94-11

ORIGEM:Tribunal Superior do Trabalho

PARECER Nº GQ - 43

Adoto, para os fins e efeitos dos artigos 40 e 41 da Lei Complementar nº 73, de 10 de fevereiro de 1993, o anexo PARECER Nº AGU/PRO-03/94, da lavra do eminente Consultor da União, Doutor MIGUEL PRÓ DE OLIVEIRA FURTADO.

II. No Mandado de Segurança nº 21.632-8, em que foi Relator O Exmº Sr. Ministro Sepúlveda Pertence, decidiu o Egrégio Supremo Tribunal Federal que "No procedimento de promoção de magistrados, ao receber a indicação do Tribunal ou a lista por ele composta, o Presidente da República tem não apenas o poder, mas o poder-dever de recusá-las se entender viciadas por ilegalidade ou por inconstitucionalidade; donde, a sua legitimação para responder, como autoridade coatora, ao mandado de segurança que impugna a lista de merecimento que se alega organizada com ofensa à Constituição: precedentes do Supremo Tribunal Federal" (in DJ de 06 de agosto de 193, Seção I, pág. 14.903).

Estando viciada por inconstitucionalidade a lista apresentada pelo Egrégio Tribunal Superior do Trabalho, porque dela constantes dois candidatos com idade superior ao limite etário estabelecido no art. 111, § 1º, da Constituição, é poder-dever do Presidente da República recusá-la, retornando, por consequência, o processo àquela Corte, para que a mesma seja refeita em conformidade coma Constituição.

Brasília, 30 de novembro de 1994.

GERALDO MAGELA DA CRUZ QUINTÃO

Advogado-Geral da União

ASSUNTO: TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO - PROVIMENTO DE CARGO DE MINISTRO CLASSISTA - LIMITE ETÁRIO.

PARECER Nº AGU/PRO-03/94 (Anexo ao Parecer GQ - 43)

REFERÊNCIA: Processo nº 08000.009175/94-11

O provimento de cargo de ministro classista do TST está sujeito ao limite de idade de que trata o § 1º do art. ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?