x
x
x
C-Circ. BACEN 2.969/01 - C-Circ. - Carta-Circular BANCO CENTRAL DO BRASIL - BACEN nº 2.969 de 09.08.2001

D.O.U.: 13.08.2001

Esclarece sobre os procedimentos adotados na avaliação das instituições credenciadas a operar com o Departamento de Operações do Mercado Aberto (Demab).


 
Esta Circular foi revogada pelo Artigo 10 da Decisão Conjunta nº 14 de 20.03.2003.

Tendo em vista o disposto no artigo 10, da Circular 3.053, de 9 de agosto de 2001, divulgamos informações complementares acerca do processo de mensuração do desempenho das instituições em tela.

2.Os fatores de avaliação são definidos da seguinte forma:

I - ofertas públicas: volume de títulos comprados e vendidos pela instituição nos leilões formais de títulos do Tesouro Nacional e do Banco Central do Brasil, com peso relativo de 37,5%;

II - operações definitivas: operações definitivas de compra e de venda de títulos públicos federais realizadas pela instituição, em condições competitivas, excluídas as efetuadas com fundos de investimento sob sua administração, com instituições do mesmo grupo e com o Banco Central do Brasil, com peso relativo de 37,5%; e

III - operações compromissadas: operações de compra com compromisso de revenda e de venda com compromisso de recompra realizadas pela instituição, em condições competitivas, excluídas as efetuadas com fundos de investimento sob sua administração, com instituições do mesmo grupo e com o Banco Central do Brasil, com peso relativo de 25%.

3.Relativamente às instituições já credenciadas, os fatores adicionais são assim definidos:

I - relacionamento com o Demab: resultado da interação da instituição com a mesa de operações de mercado aberto do Banco Central do Brasil, com peso relativo de 25%;

II - "go around" de títulos: operações definitivas de compra e de venda efetuadas com o Banco Central do Brasil, com peso relativo de 10%; e

III - "go around" de reservas bancárias: operações compromissadas efetuadas com o Banco Central do Brasil, com peso relativo de 25%.

4.Na avaliação de desempenho das instituições já credenciadas, os pesos relativos estabelecidos nos dois parágrafos anteriores serão reduzidos proporcionalmente de forma que o total seja de 100%.

5.As instituições credenciadas que não obtiverem, ao final do período de avaliação, um percentual mínimo de participação de 1,5% no fator ofertas públicas ou de 1,5% no fator operações definitivas sofrerão redução de 10% no total de pontos obtidos.

6.Caso a instituição credenciada tenha participação percentual inferior nos dois fatores mencionados no parágrafo anterior, a redução na totalidade dos pontos obtidos será de 20%.

7.As operações definitivas de que trata o parágrafo 2º, inciso II, serão avaliadas da seguinte forma:

I - títulos prefixados: pelo valor nominal; e

II - demais títulos: pelo preço unitário da respectiva operação.

8.As operações compromissadas de que trata o parágrafo 2º, inciso III, bem como os "go around" de títulos e de reservas bancárias discriminados no parágrafo 3º, incisos II e III, respectivamente, serão avaliados pelo preço unitário da respectiva operação.

9.Esta Carta-Circular entrará em vigor a partir de 16 de agosto de ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?