x
x
x
Plano de contas - Entidade Educacional sem fins lucrativos - Roteiro de Procedimentos

Roteiro - Federal - 2017/5367

Sumário

Introdução

I - Padronização

II - Adequação às Atividades

III - Entidades sem Finalidades Lucrativas

IV - Atividades de Prestação de Serviços de Educação

V - O Plano de Contas

VI - SPED

VII - Modelo de Plano de Contas de Prestadora de Serviços

INTRODUÇÃO

Representando o plano de contas a estrutura básica da escrituração contábil, a sua utilização estabelece o banco de dados com informações para geração de todos os relatórios e livros contábeis, tais como o Livro de Registro Diário, Razão, Balanço Patrimonial, Balancete, Demonstração do Resultado, análises contábeis, dentre outros.

É condição fundamental que o plano de contas reflita correta e completamente as operações praticadas pela empresa, assim o elenco de contas deve contemplar nomenclaturas para as mais variadas situações que necessitem de registro contábil, o que torna inviável sua padronização, já que as necessidades de uma atividade pode não ser de outra, ou seja, as indústrias necessitam de contas próprias que reflitam o processo de manufatura ou de industrialização, desnecessária para uma empresa que apenas comercializa as mercadorias que adquire.

I - PADRONIZAÇÃO

O detalhamento dos registros contábeis é diretamente proporcional à complexidade das operações da entidade e dos requisitos de informação a ela aplicáveis e, exceto nos casos em que uma autoridade reguladora assim o requeira, não devem necessariamente observar um padrão pré-definido, de acordo com o ITG 2000(R1) aprovada pela ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?