x
x
x
São Paulo/SP - ISS - Serviços prestados por Hotéis e Congêneres - Definição da Composição da Base de Cálculo - Instrução Normativa nº 3/2006

Comentário - Municipal - 2007/0374

A Prefeitura Municipal de São Paulo, regulamentando os procedimentos relacionados à emissão da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços - NF-e, acabou indiretamente definindo a composição da base de cálculo do ISS dos serviços prestados por Hotéis e congêneres.

A Instrução Normativa nº 3/2006, ao tratar do campo "valor total das deduções" na NF-e, definiu que ele destina-se a registrar:

a) as deduções previstas na legislação municipal;

b) os descontos ou abatimentos concedidos independentemente de qualquer condição.

c) no caso dos hotéis e congêneres, os adiantamentos feitos aos hóspedes, para pagamento de compras, desde que comprovadas por documentação idônea, bem como as importâncias referentes às vendas sujeitas ao ICMS ou aos serviços prestados por terceiros, desde que repassadas integralmente aos vendedores ou prestadores, que deverão emitir o respectivo documento fiscal em nome do hóspede;

Também ficou estabelecido que não é permitida a dedução da base de cálculo do ISS quando um terceiro, ao prestar serviço para cliente de hotel ou congêneres, emitir documento fiscal em nome dos respectivos estabelecimentos.

As demais regras que devem ser observadas por estes prestadores de serviços são:

a) No campo "valor total da nota" deverá ser informado o valor total dos serviços, inclusive com as deduções.

b) O sujeito passivo deverá manter arquivo dos documentos que comprovem as deduções ( continua ... )

Clique e Leia a íntegra deste documento.


Assine aqui Acesso gratuito por 7 dias


Busca Avançada
Área:
  • Todas
  • Federal
  • Trab/Prev

Ajuda: como pesquiso frases ou expressões?